sábado, 2 de julho de 2016

"Palavras de Cristal" Colectânea de Poesia - Volume IV



Pelo quarto ano consecutivo a colectânea de poesia Palavras de Cristal é publicada, mantendo o propósito que a tem orientado desde o início: criar um espaço de partilha e divulgação da poesia e, como escreveu Dimingos Lobo na introdução ao I volume (2013): Esta colectânea, o que a sua génese prefigura, traz-nos de regresso ao tempo das solidariedades partilhadas, de uma capacidade, que parecia perdida, de juntarmos num mesmo espaço físico, este livro, modos de dizer, testemunhos do fogo, ritmos, sons e imagens diversas. Ou seja, como escreveu Isidore Ducasse: “A poesia deve ser feita por todos”.
Esperamos alcançar com este IV volume o sucesso dos anteriores, levando até aos leitores a poesia de oitenta autores que participam nesta obra. Como escreve António J. Oliveira no prefácio: Estas Palavras de Cristal que segredos não querem guardar são a prova da simbiose perfeita entre o Poeta e a sua ferramenta de trabalho, ou seja, a Poesia na sua vera ascensão da palavra, sem qualquer muro de permeio construído sobre a terra que dilacere vidas, afetos / por desígnios secretos / dos muros só sei dizer / que leve o tempo que levar / o sonho e a força humana / sempre os irão derrubar…